segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

O DIÁRIO DE UMA PAIXÃO...

Tem um filme que eu gosto muito, que conta a história de um amor tão grande, vivido por um homem, que mesmo depois dela ser acometida pelo mal de alzhaimer e não se lembrar mais nada da história deste amor, ele através de um diário, vai visitá-la (no asilo onde ela está internada) todos os dias e lhe conta pedaços deste diário  e ela o curte como se fosse dela (e é!).. . Pois eu às vezes me sinto assim tentando contar a alguém, pedaços deste meu diário,  como se assim o fazendo, evocasse nela algo como se ela também tivesse vivido... Mas a contra-partida disto, é que aos poucos, de tanto contar a história, a gente possa começar a se des_sensibilizar em relação ao vivido, e passar a só ver as coisas como num filme...exatamente como este que me emocionou, como se fosse também para  mim, sobre outra pessoa...

4 comentários:

Raquel disse...

Conheço o filme e é mesmo lindo, me emociona toda vez que o vejo e não foram poucas.Não deixe de tentar contar o que quer que seja, quem sabe ela não o compreende.

Sexo c/ Amor? disse...

Tenho muitas histórias que relembradas parecem um filme, com outra pessoa. Penso que é por causa da eterna mudança interior... Como na espiral, você continua a mesma pessoa num momento diferente, acrescido de novas paisagens.
beijo

Audrey Andrade disse...

De fato o filme é belíssimo, mas melhor ainda o livro!

Que bom seria se nossa vida fosse um diário contando apenas o amor!

Meu carinho!
http://pequenocaminho.blogspot.com

Alê disse...

dos meus preferidos,