quinta-feira, 17 de maio de 2012

Do vazio de sentimentos...


Esta nossa vida é engraçada... ou a minha, não sei...É como se não soubéssemos lidar com o vazio de sentimentos, como se o tempo todo tivéssemos  que estar buscando AMAR, como se fosse a tomada de pulsação, para sabermos o tempo todo que estamos vivos...e mesmo quando "encontramos", acredito que o tempo todo nos questionamos se é realmente amor, se é carência, se é saudade de sentir amor (e supostamente ser amado)... E o dia passa e vem a noite, e vêm as mesmas boas e velhas indagações, e vêm lembranças boas de outros amores, de histórias não conclusas, mas que ainda nos tocam  pois foram reais enquanto existiram, enfim... caímos sempre num eterno circulo vicioso, pois neste campo não há certezas, só sensações e sensações lábeis, visto que nunca se cristalizam e  se assim o fizessem não seriam sensações... Seriam conclusões!

E é isto que faz a vida ser SENTIDA, ter SENTIDO!

4 comentários:

Raquel disse...

Também não sei o que acontece, apenas sei que independente de qualquer coisa, amar e ser amada é muito bom...

Parole disse...

Dizia uma psicóloga minha que o vazio é um corpo sem alma.Vamos criando tantos empecilhos para sermos felizes que a alma se cansa e sai de fininho.O jeito é descomplicar, meu querido e ser feliz com o que se tem...

Sempre muito bom te ler.

Beijinhos.

Vivian disse...

...bjooooooooo, moço!

Insana disse...

Acredito que mais que ser amado a busca de ter alguem para amar é maior...

Bjs insano da Insana...