segunda-feira, 30 de setembro de 2013

Coração vagabundo

Desculpe o mau  jeito, mas estava desacostumado a tomar chá,  principalmente  naquela  hora onde o mais óbvio seria um café. Mas de qualquer forma,  vê-la entrar sala adentro já me fez sorrir.
Quem tem alma de criança sempre ri à toa.
Eu que nem contava mais ouvir a sua voz, vê-la então,  fez aquela boa e velha palpitação voltar.
Não se preocupe.
Por mais que já tenha brincado com isto, não tenho problemas cardíacos...
Pelo menos estes que os médicos sabem tratar!

P.S. Desculpe não servi-la com a  louça chinesa que a vovó ganhou da baroneza.

Um comentário:

O tempo das maçãs disse...

Boa música e palavras encantadoras... um encontro magnífico. Quem resiste?

Delicioso passar por aqui.

Bons sonhos.:)