quinta-feira, 24 de novembro de 2011

Já tive vontade de dizer, mas hoje o silêncio fala mais alto...

Saudade de escrever, mas as palavras me fogem... Quisera ter a sua habilidade ou o seu dom, pois as palavras falam ATRAVÉS de você. Tenho tanto o que dizer além do que já foi dito, mas hoje só no meu silêncio é que você parece ouvir algo. Até estas poucas linhas aqui escritas, soam melodramáticas, quase piegas, quando não se ouve o som vindo do coração. Esta última frase então parece ter vindo do script de uma novela mexicana, e que tem que ser dita entre lágrimas e espasmos de riso involuntário. Mas você sabe, que vindo de mim, é o único jeito que eu tenho de ser!!! Mas eu sempre fui assim. Se estranhas, é porque de fato nunca  me enxergou!

3 comentários:

brisonmattos disse...

mudamos sim, não ouvimos mais o outro como antes...e se ouvimos nada fazemos...e vamos dormir que amanhã é outro dia. Guarde tudo que vc tem ainda a dizer, a alguém que realmente te ouça...e que esse alguém saiba ouvir música como voce.

Alê disse...

Edson,

como canta Oswaldo: Que esse silêncio te fale cada vez mais,


Mas que te aponte caminhos,



Bjkas

Canto da Boca disse...

Só você para nos trazer uma música do Taiguara! Fazia tanto tempo que eu não a ouvia. Fiquei de olhos fechados, ouvindo-a, repetidamente... Obrigada por esse momento!

E desejo que a sua amada também mude e corra pros seus braços!

Beijo!