terça-feira, 20 de dezembro de 2011

TE ESTRAÑO...

A palavra saudade só existe na língua portuguesa... o "I miss you" inglês ou o "je suis besoin de toi" francês não chegam para transmitir tudo o que a saudade quer dizer!...Fico imaginando  como alguém pode sentir algo que não tenha palavras para  traduzir, como se fora um grito parado na garganta, sem poder existir.. Mais louco ainda é quando esta saudade não é exatamente de alguém, mas do sentimento nutrido por este alguém, visto que este alguém sempre foi  intangível, quase uma peça de ficção. Na verdade, é saudade de um sonho, de um sentimento, que teima em não se exaurir.....

3 comentários:

Alê disse...

Que nos habita sorrateiramente, e clandestinamente,

não pede licença, não paga aluguel, e mesmo assim, ocupa todos os espaços,



*adoro Andrea, lindaaaaaa escolha,


Bjka Edson

Mah disse...

Já senti saudade do q nunca foi... e qdo a "coisa" se concretizou, percebi outra nuance na saudade que passei a sentir... Hoje, sofro de outras saudades. E posso afirmar que ela é mais cortante. Olha, é como eu escrevi um dia e guardei nos rascunhos do meu blog:

"eu me conformaria muito mais facilmente em nunca ter te tido do que, tendo sido sua, nunca mais te ter."´

Em mim, dói mais a saudade do que foi do que aquela q nunca foi...

Beijoca!

P.S.(E, sim... eu costumo escrever apenas o que tenho vivido! =D)

CYWMARA WADISQUY disse...

SAUDADE...eu particularmente ADORU SENTIR SAUDADE, pois é ela que me dar esperanças, (estranho) enfim...saudade do que tive, do que não tive, do quero ter, do que posso ter mas não quero...

XEROOOOO :D