quarta-feira, 12 de outubro de 2011

A minha criança...

Não... não estou falando da minha criança interior... Estou falando da minha filhota de 12 anos, que embora se considere uma pré-pré-teen, é como todas as meninas desta idade, uma criança. E que bom que ainda possa ter laivos de criancice, pois todos sabemos como ficamos nos devendo quando não deixamos este nosso momento  se mostrar plenamente. Fui com meus filhos outros um bom pai e com ela tento compensar o que uma separação pode provocar numa criança . Tento ser um pai jovem (embora não o seja), tento ser um pai extremamente amoroso (e acho que consigo) mas, acima de tudo, tento ser um pai que  valoriza a criança que ela é, e não a deixo esquecer por nenhum momento disto!!! ...FELIZ DIA DA CRIANÇA a ela e, agora sim,  a todas as crianças que existem em nós... inclusive você, menina arteira...

4 comentários:

Gislãne Gonçalves disse...

A todas as crianças um feliz dia!

beijos

Alê disse...

Carinho assim, não tem preço,

Mah disse...

Meu pai foi muito distante conosco. Carreguei muita mágoa dele por isso. Não aceitava aquela presença ausente. Agora, depois de 20 e poucos anos, ele resolveu inverter as coisas. Não anda sempre aqui em casa, mas é mais presente. No início eu ainda andava magoada. Não conseguia tirar aquilo de mim, até que percebi que teria que furar os meus bolsos e deixar toda aquela coisa ruim sair de mim. Perdi os rancores pelos caminhos que galguei nos ultimos 2 anos. Voltei a me perceber não-órfã de pai. Criança não sou mais. Mas tenho saudade daquele tempo. Apesar de tudo...

beijo, querido!
obrigada pelo último comentário!
adoro vc!

Sonhadora disse...

Meu querido amigo

Um texto cheio de ternura...um hino ao futuro, que são as crianças.

Deixo um beijinho
Sonhadora