quarta-feira, 29 de junho de 2011

Mensagem...

2 comentários:

Lua Nova disse...

Acho a letra dessa música sensacional. Aliás, gosto muito dessas músicas antigas e aprendi muitas delas por causa do meu pai. Ele era um romântico, um boêmio e eu era a "banda" que ele levada nas noitadas dele. Eu tocava violão e cantava a noite inteira, mas só tomava água (é só o que bebo até hoje... hummm...às vezes um vinho tinto). O resto dos boêmios faziam o tradicional: comiam, bebiam, cantavam, choravam, comiam, bebiam, cantavam, choravam... rs. Eu adorava essas noites e olha que eu era adolescente quando isso começou. Fiz isso com ele a vida inteira, estivesse casada ou solteira... rs. Meu pai gostava de todo tipo de música: mpb, seresta, românticas, bolero, bossa nova... tudo. A preferida era "Matriz e filial" do Lupicínio Rodrigues.
Tenho imensas saudades do meu pai.
Ah... desculpe... eu falo demais.
Por favor, vá saborear um chocolate comigo sempre que quiser e me dará muito prazer com sua presença.
Beijokas.

Lua Nova disse...

Imagine... passei a vida toda achando que essa música era do Lupicínio, mas vc tem razão, é do Lucio e foi eternizada pelo Jamelão que tinha uma voz ímpar e especial.
Tinha tanta certeza (coisa de ignorante) que nem procurei confirmar.
Vivendo e aprendendo... rs
Beijokas.